Primeira Noite da Vaquejada de Serrinha encanta, emociona e apaixona público. Festa do Bezerro manhoso teve, Amado Batista,  Pablo, Tayrone e Silvano Salles.

A abertura das apresentações musicais da Vaquejada de Serrinha não poderia ter sido melhor. Iniciada às 18hs desta sexta-feira (08/09), a Festa do Bezerro Manhoso, ou, como alguns diriam, “a noite mais romântica do Parque Maria do Carmo”, começou com atrações de peso.

Quem esteve presente pôde escutar ao vivo a musicalidade de um velho conhecido dos baianos: Silvano Salles. O cantor e intérprete de grandes sucessos da música nacional, tocou canções que fizeram o público dançar e vibrar.

A responsabilidade logo foi passada a outro grande ídolo: Tayrone. Estrela nacional, Tayrone fez o Parque Maria do Carmo inteiro cantar seus maiores sucessos, além, claro, de presentear a galera com sucessos de artistas interpretados por ele.

A chegada do Rei do Arrocha mexeu com a multidão de fãs. Pablo subiu ao palco e causou um alvoroço no Parque. A atração romântica cantou sucessos antigos e atuais, fazendo os casais dançarem agarradinhos sob o friozinho noturno característico de Serrinha.

E pra fechar com chave de outro, por que não alguém que encanta públicos de todas as idades? Por que não alguém dono de sucessos que atravessaram gerações? Pois é. Foi assim que a noite do Bezerro Manhoso terminou: aos hinos de Amado Batista. Sempre simpático, Amado transformou a abertura da Vaquejada de Serrinha numa verdadeira noite de celebração ao amor.

Festa da Vaca Atolada balança público na segunda noite da Vaquejada de Serrinha. Com Léo e Luan Santana, multidão dança e se apaixona.

A segunda noite de shows da maior vaquejada do Brasil pode ser resumida em uma palavra: animação. Na noite deste sábado (09/09), milhares de vozes da Vaquejada de Serrinha puderam cantar e dançar ao som de sucessos da música nacional.

A Festa da Vaca Atolada foi aberta com o brilho de Seu Maxixe, às 13hs. O músico relembrou sucessos e encantou o público. Em seguida, com seu fantástico carisma e embalo dançante, Léo Santana, uma das atrações mais esperadas, fez o Parque Maria do Carmo requebrar com sucessos do famoso “baila da santinha”.

Vozes do novo cenário do sertanejo universitário também fez bonito no segundo dia de atrações da Vaquejada de Serrinha. Foi o caso de Jonas Esticado, que com voz agradável, deu caminho a uma voz feminina, e de Márcia Felippe, que também mobilizou os corações apaixonados.

O Parque voltou a tremer, dessa vez de emoção, com ele que já é quase uma atração garantida: Luan Santana. Ídolo de todas as idades, o sertanejo romântico de Luan provocou emoção, beijos e deixou muito romantismo no ar, com suas canções que falam de amor, traição, abandono e paixão.

Para presentear a vaqueirama ostentação, a noite terminou com o hits de Mano Walter, fazendo o público da Vaca Atolada vibrar.

Festa do Boi Malandro encerra Vaquejada de Serrinha. Último dia de festa teve Safadão, Harmonia, Maiara e Maraísa, entre outras atrações.

Milhares de pessoas se despediram na noite deste domingo (10/09) da maior Vaquejada do Brasil. A Vaquejada de Serrinha, que teve início oficial na quinta-feira (07/09), mobilizou a cidade de Serrinha em quatro dias de pura celebração cultural, esportiva e musical. Na última noite da festa, não faltou energia e emoção.

A Festa do Boi Malandro, que teve início ás 13hs, trouxe de primeira ao palco o pagode do Harmonia do Samba. Com seu carisma e rebolado, Xandy pôs o Parque Maria do Carmo para dançar com os hits que conquistaram gerações.

A prata da Casa também fez bonito e mostrou “o que é que Serrinha tem”. A subida ao palco da Chicabana fez a multidão dançar um forró gostoso, coladinho, ao tempo que se soltava nos hits mais conhecidas da galera.

Com Gabriel Diniz o romantismo também encantou, mas foi com as gêmeas Maiara e Maraísa que o domingo da Vaquejada de Serrinha pegou fogo. Uma das atrações mais esperadas, a dupla  mostrou porque domina as paradas do sertanejo e fez milhares cantar seus sucesos.

E quem disse que o público não tinha energia para mais? Pois é! A coisa ficou bonita mesmo quando a subida ao palco dele, a estrela internacional da Vaquejada: Wesley Safadão. Com sucessos que dominam as rádios há pelo menos 3 anos, Safadão fez Serrinha tremer com sucessos como “aquele 1% vagabundo”.

A Festa do Boi Malandro não poderia terminar de forma mais a caráter do que com eles. O Arreio de Ouro chegou ao Parque Maria do Carmo com a missão de encerrar a Vaquejada de Serrinha 2017. E fez isso com muita música, emoção e a tradição, resgatando toda a paixão do público pelas cavalgadas e vaquejadas.

A Vaquejada de Serrinha deixa 2017 com gostinho de quero mais, saldos positivos na segurança e na renda de milhares de famílias que têm no evento uma forma de complementação do orçamento doméstico. Em 2018, a mesma energia e maiores sucessos devem esperar o público.

Comando da 16ºBPM divulgou estrutura de operacional para a Vaquejada de Serrinha 2017.

A Vaquejada de Serrinha – considerada por muitos a maior do país aconteceu e com ela toda uma estrutura logística e de segurança está sendo montada. De acordo com as autoridades policiais, 03 postos de Comando foram montados: um na Praça Astrigilda Guimarães; outro na Praça Morena Bela; outro na entrada principal do bairro da Vaquejada e por fim o do Parque Maria do Carmo.

Além disso, 800 policiais militares dão cobertura de segurança à população residente e aos turistas e visitantes que veem a Serrinha prestigiar os dias de evento. São policiais rodoviários, esquadrão de polícia montada, esquadrão de motociclistas, Rodesp Leste, CIPE Nordeste e Corpo de Bombeiros.

O corpo de homens da polícia militar esteve equipado em mais de 20 viaturas e motocicletas, que farão a cobertura ostensiva de toda Serrinha, do centro às regiões periféricas da cidade.

Este ano, as forças de segurança também contou com algumas novidades. Entre elas foi a base móvel da Polícia Comunitária auxiliando o policiamento mediante o uso de drones que sobrevoaram as principais vias de acesso da cidade, garantindo, junto com o caminho tecnológico da Secretaria de Segurança Pública, uma melhor alocação dos agentes da lei.

Fotos: Lucas e Daniel

A

 

 

 

Compartilhar