“Estamos adotando providências em caráter de urgência para resolver transtornos”.

O secretário municipal de Saúde de São Sebastião do Passé, Marcelo Siqueira, usou as redes sociais nesta sexta-feira (05) para esclarecer fatos sobre a real condição do Hospital Municipal Albino Leitão, o principal da cidade, onde esta semana mensagens circuladas em grupos apontavam a presença de ratos.

Em suas palavras, Marcelo destacou as condições em que se encontravam o Hospital quando a gestão comandada pelo prefeito, Breno Konrad, chegou à cidade, em janeiro do ano passado: “quando pegamos o Albino Leitão era muito ruim. Mofo, infiltração, falta de equipamentos básicos, raio x praticamente parado… Eram diversos problemas que praticamente rebaixavam nosso principal ponto de atendimento em saúde de hospital para posto de saúde”, destacou.

Na nota, o secretário ainda destacou as medidas que ainda estão sendo tomadas para devolver a estrutura, os serviços e a dignidade aos pacientes e profissionais que frequentam a unidade de saúde municipal: “Já realizamos a recuperação do telhado, da parte elétrica e hidráulica, sanando problemas de infiltração e mofo. No momento estamos reformando a estrutura física das enfermarias do primeiro andar, além de outras melhorias”.

O secretário pediu desculpas à população pelos transtornos que têm sido ocasionados durante o período das reformas, mas lembrou o quanto o município tem a ganhar com a reestruturação do Hospital Albino Leitão: “Peço desculpas à população e informo que estamos adotando providências em caráter de urgência para resolver os transtornos que a reforma vêm causando. Podem ter certeza de que ao final das reformas o povo de São Sebastião do Passé ganhará e muito com as novas instalações”, finalizou Marcelo.

Compartilhar