Competições de velocidade na terra mexeram com o fim de semana na cidade.

A cidade de São Francisco do Conde, a pouco mais de 60km de Salvador, recebeu no último fim de semana, entre os dias 15 e 17, etapas do Campeonato Baiano de Velocidade na Terra, além do Campeonato Brasileiro, no circuito Lelo Bala. O evento mobilizou a cidade e atraiu turistas da região.

Os aficionados por carros e velocidade puderam apreciar a adrenalina imposta por competidores de alto nível, como os vencedores Marlos Fedrizzi (Autocross), Alan Synthes (Kartcross), Reynaldo Lucas (Speed) e Hamilton Santos (Turismo). Um adversário que chegou a assustar, contudo, foi a chuva.

Com o tempo pesado ao longo do fim de semana, os organizadores da competição chegaram a cogitar o cancelamento do evento. “O que prevalece é a segurança dos pilotos”, como alegara o presidente da Comissão Nacional de Velocidade na Terra, Gian Pasquali. No entanto, a melhora no tempo e a qualidade da organização e da pista prevaleceram, dando espaço, claro, para a diversão e o entretenimento do público.

O sucesso do evento, apesar das ameaças meteorológicas, foi destaque entre os atletas e as autoridades presentes no evento. O piloto de autocross e bicampeão brasileiro na categoria,Celso Meneguel Silveira Melo, se hospedou na Fazenda Engenho D´Água e saiu de lá encantado com a cidade “No próximo ano, se tiver oportunidade, vou trazer minha família”, disse.

O sucesso da pista entre pilotos e organizadores suscitou planos futuros. O superintendente de Desportos do Governo do Estado, Everaldo Augusto, afirmou o interesse do governo em seguir investindo em espaços e eventos como o consagrado ontem (18) no atual circuito da Fazenda Engenho D’Água, em São Francisco.

O prefeito de São Francisco do Conde, Evandro Almeida, foi muito elogiado pela qualidade do espaço e apoio da prefeitura, que cedeu apoio logístico e operacional, através da Polícia Militar, SAMU, Defesa Civil e Bombeiros.

Para ele, os elogios à pista e à estrutura do evento são uma motivação. Em suas palavras Evandro destacou: “Essa declaração dos pilotos nos deixa muito contentes e esperamos na próxima etapa estar em condições de pista e estrutura melhores ainda. Vale a pena fazer investimentos para trazer mais oportunidade, gerar emprego e renda para o povo franciscano”, disse.

Compartilhar