Delegado de Polícia Civil diz que ainda não foram prestadas queixas sobre os casos.

Uma série de crimes tem ascendido um alerta entre moradores da zona rural de Ribeira do Pombal, principalmente os donos de cachorros. É que, segundo moradores da Fazenda Cumbe e outras testemunhas, estaria havendo uma “matança” dos bichinhos promovida por um homem da região.

De acordo com informações, os crimes sempre teriam sido praticados pela mesma pessoa há pelo menos 10 anos, mas se intensificaram nas últimas semanas, quando mais de 20 animais foram mortos por um composto popularmente conhecido como “bola”, uma mistura de comida com veneno.

Procurado pela redação do Bahia Notícia, o delegado de Polícia Civil Edemir Luchini Junior disse que ainda não fora registrado nenhum Boletim de Ocorrência sobre o caso, o que autorizaria o início das investigações que levariam até a punição do/s suspeito/s envolvidos na prática, considerada crime ambiental, com pena prevista de três meses a um ano de detenção.

Que mesmo assim sem qualquer registro de ocorrência sobre a possível prática de maus tratos aos animais, expediu ordem de missão para que seus investigadores de polícia se encaminhem até o local indicado e possa apurar os fatos.
Compartilhar