Nordestão: Vitória bate o River-PI por 3×2 e tem vantagem no jogo de volta

0
176

Ninguém segura! Nesta quarta-feira (29), o Vitória foi até o Piauí para encarar o River, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste, meteu 3×2 e chegou ao 15º jogo consecutivo sem perder. O resultado dá ao Leão a vantagem de perder até por 1×0 ou 2×1 no jogo da volta, sábado, às 16h, no Barradão para se garantir na semifinal da competição.

Quem já estava com o coração preparado para um jogo tenso, se deu bem. Foi uma partida daquelas que ninguém tem coragem de levantar para beber um copo de água ou ir rapidinho ao banheiro. Em apenas quatro minutos, o jogo já tinha dois gols.

Com dois minutos, o Vitória encaixou o contra-ataque e em jogada de velocidade, Kieza deu uma arrancada pela esquerda e deu um chutaço no ângulo do goleiro Leandro.

O gol tinha tudo para dar aquela aliviada para a torcida rubro-negra, mas a alegria durou pouco. Dois minutos, mais precisamente. Aos 4 minutos, escanteio para o River-PI. Tety cobrou e a bola sobrou para Osmar, o volante que carrega a camisa 10 do time piauiense, que com muita técnica tocou para o argentino Brizuela cabecear no cantinho do gol de Fernando Miguel.

O primeiro tempo estava muito emocionante. O River se empolgou depois do empate. Chegou com Wesley de fora da área, numa cobrança de falta ruim de Tety e, com Viola, que, por muito pouco, não desempatou o placar após um chute cruzado. Ufa!

Aos 23, o jogo deu uma parada. Mas não foi tempo técnico, nem uma pausa para dar uma esfriada. Pelo contrário. O tempo fechou após Wesley sofrer falta. Quando o jogador caiu, David deu uma bicuda na bola e por pouco não atingiu o atleta. O time do River ficou revoltado e até os reservas invadiram o campo. Dois amarelos pra cada lado, um pedido de desculpa e vida que segue.

Não foi só David quem mostrou as garras. O Leão voltou mais enérgico após a confusão e, aos 32, teve uma das melhores chances do jogo. Patric foi até a linha de fundo e para Kieza, que pegou de primeira e viu Leandro fazer uma defesaça. O camisa 1 do River ainda trabalharia bastante. O rubro-negro ainda chegou com cabeçada de Cleiton Xavier, uma bomba de canhota com David e um chute arriscado de Kieza. Mas o primeiro tempo ficou mesmo no 1×1.

Na volta, foram 10 minutos  para o Leão dar a primeira mordida. David cruzou com categoria para a área e o zagueiro artilheiro Alan Costa cabeceou para fazer 2×1. É o quarto gol dele pelo Leão.

O jogo vinha a mil quando, aos 35, Kieza deu um nó no zagueiro do River, tocou de canhota e David, livre, mandou um chute de direita para fazer 3×1. Quando os rubro-negro ainda comemoravam, o River revidou com chute de Negueba. A bola bateu em Patric antes de morrer no fundo das redes, diminuindo para 3×2. No fim, Paulinho, sozinho, ainda perdeu o quarto, tentando encobrir o goleiro do River.

Ingressos para a volta
Já estão à venda os ingressos para a partida de volta, no Barradão. Arquibancada custa R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), e cadeira custa R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Vendas pelo site ingressofacil.com.br e, somente em dinheiro, nas bilheterias do Barradão e lojas oficiais do clube (Shoppings Capemi, Lapa e Paralela).

LEAVE A REPLY