Em carta publicada em sua pagina oficial no Facebook, a vice-prefeita Márcia Gomes divulgou quais motivos a levaram em romper com o prefeito Dr. Pitágoras, veja na integra Candeias-Ba, 31 de julho de 2017
Ao Ilmo. Sr. Prefeito do Município de Candeias
Pitágoras Alves da Silva Ibiapina

Exmo. Sr. Prefeito,

Cumprimentando-o, na qualidade da segunda em exercício no cargo do executivo municipal, e em atenção ao dever de transparência que exercício do poder público nos impõe, vimos comunicar a irresignação do nosso grupo político com a vossa gestão, conforme a breve exposição a seguir.

Inicialmente, cumpre elucidar que, em nosso mandato de Vice-Prefeita, estamos lutando diariamente para exercer nossa função política de interlocução junto ao Poder Legislativo e diálogo com a sociedade civil.

Entretanto, o auxílio na supervisão ou até mesmo no controle da própria administração não nos tem sido solicitado, tampouco permitido quando a necessidade se aflora. Desse modo, até mesmo simples atos de gestão, como nomeações, exonerações ou contratações, não possuem sequer nosso conselho.

Nesse sentido, cabe apenas o exercício de nossa obrigação, como um dever a cumprir pelo povo, por meio do acompanhamento árduo a fiscalizar todas as ações da administração. E nesta empreitada, observamos que a gestão tem sido pífia no cumprimento das promessas registradas no plano de governo, e amplamente discutidas durante a campanha eleitoral.

Cabe registrar que a esta forma de governar escapa ao nosso sonho original de, através de um planejamento sério, consistente e eficiente, construir (e não de maquiar, como vem sendo feito) uma cidade diferente.

Em pleno dia 02 de outubro, após o anúncio do resultado das eleições, a promessa anunciada com veemência, para milhares de pessoas que nos acompanhavam naquele dia, era de que governaríamos juntos essa cidade, mas, na prática, uma unicidade nunca efetivada.

Nesse âmbito, insta salientar que a expectativa da comunidade e dos correligionários, então confiada ao nosso mandato, é de uma liderança política da cidade. E por este motivo, merecia ser correspondida pelo líder que seguia. Nunca pleiteamos qualquer tratamento diferenciado, pelo contrário, nossa insatisfação se
consubstancia justamente em vossa ausência de habilidade em dar representatividade a todos os seus liderados.

É imperioso registrar a total falta de diálogo do Gestor Municipal com a Vice-Prefeita, com o nosso grupo e com as nossas articulações políticas. E mais, observar preferências com antigos adversários, antes tão criticados, só sustenta nossa inconformidade em vê-los fazer parte da administração.

Sobre a equipe técnica, não vislumbramos quais os critérios em sua formação, são tantos forasteiros trabalhando na prefeitura, tirando as vagas de nossos munícipes. Nisto percebemos, com clareza, que as vossas ações tem sido dúbias, sem indícios de fortalecimento local neste futuro próximo.

Destacamos também a vossa falta de sensibilidade com a saúde pública, mesmo tendo o conhecimento e capacidade profissional de melhorar consideravelmente essa realidade tão criticada pela população, que tanto precisa desse serviço público.

Nesta perspectiva, diante das suas incoerentes atuações e total falta de diálogo, percebemos a nossa inconformidade com o vosso estilo de governar e com os desserviços que estão sendo oferecidos às pessoas que confiaram em nós.

Desta forma, nosso grupo político decidiu romper com a sua liderança, especialmente diante do distanciamento das promessas que foram feitas em campanha. E assim irresignados, continuaremos exercendo nossa representatividade, com as prerrogativas clássicas de uma Vice, nos mantendo de prontidão para fazer as nossas vezes, nos mantendo no efetivo exercício das atividades do cargo que o povo nos concedeu.

Nessa seara, seguiremos nosso mandato com posicionamento crítico e independente, retomando nossas ações autônomas, buscando colocar em prática o nosso compromisso original de realmente fazer a diferença, democraticamente, e para todas as mais de 83 mil pessoas que vivem nesse município.

O entusiasmo já está de volta, pois coragem não nos falta. Continuaremos a manter a Fé e a esperança na boa política.

Cientes de vosso entendimento, aproveitamos para renovar votos de esperança para que os direitos alusivos ao povo norteiem a vossa gestão pública municipal, ao tempo em que ratificamos a continuidade no exercício de nossas prerrogativas de substituição e de sucessão, nos termos da lei.

Atenciosamente,

Maria Marcia Gomes da Silva
Vice-prefeita de Candeias

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Nenhum texto alternativo automático disponível.
Resenha de Noticias, Reprodução
Compartilhar