Segundo Corte, ex-gestor municipal contratou 1,5 mil pessoas no período eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) condenou o ex-prefeito e vice-prefeito de Candeias, Francisco Silva Oliveira e Jorge Luiz Bordoni, respectivamente, por abuso de poder econômico. A decisão foi por unanimidade.

De acordo com a Corte, o ex-gestor municipal contratou 1,5 mil pessoas no período eleitoral. A medida é proibida para evitar que o candidato se beneficie em relação ao seu adversário.

No ano passado, Francisco Silva Conceição chegou a ser afastado por decisão da Justiça Federal por supostos atos de improbidade administrativa em razão de desvio de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Bahia.Ba

Compartilhar