Chico quer trazer, Cláudio Cajado, Paulo Magalhães e outros de volta à cidade.

O ex-prefeito de Candeias, Sargento Francisco, usou as redes sociais para tentar divulgar a assinatura da ordem de serviço pelo sucessor, o prefeito, Dr. Pitágoras, para as obras de pavimentação da Rua Wanderley Araújo Pinho, uma antiga demanda da população candeiense. A jogada política, popularmente chamada de “ponga”, pegou mal para o ex-prefeito, que teve de aturar críticas e sátiras dos internautas.

Em suas palavras, Chico – como é conhecido entre correligionários – enfatizou seu “sonho” pela obra desde 2012, quando sucedeu sua ex-aliada política, Maria Maia, a frente da Prefeitura. “O sonho que sonhamos juntos, ainda em 2012, durante a campanha e foi batalhado durante todo meu mandato como Prefeito de Candeias”, disse.

O ex-prefeito ainda destacou que teria deixado recurso “garantido” para a obra durante sua saída do governo, em 31 de dezembro do ano passado. A razão de tanto saudosismo é simples: Sargento Francisco já está em plena pré-campanha para tentar reeleger Cajado e outros aliados políticos seu, como o deputado federal e milionário, Paulo Magalhães (PSD).

A estratégia operada por Chico é clara: uma vez que não pode se candidatar por impedimento da justiça, buscará angariar votos em Candeias para seus aliados. A tarefa promete ser difícil, já que Sargento Francisco deixou o governo com popularidade em baixa, marcado por incontáveis afastamentos do exercício do cargo maculado pelo apelido de “autoritário”.

Além disso, ambos os pré candidatos a reeleição são completamente ausentes do cenário político municipal. “Deputado de copa do mundo” foi como Paulo Magalhães foi apelidado por um eleitor durante sua passagem pelo município, em 2014, quando esteve presente a convite de Francisco. Enquanto isso, Cláudio Cajado, que só resgatou a emenda de revitalização da Wanderley Araújo a pedido do atual prefeito, Dr. Pitágoras, também não vai “bem na fita” com o eleitorado candeiense, apesar da visita surpresa na ocasião desta sexta-feira (01/12).

Compartilhar