Com a proximidade do período chuvoso, que historicamente acontece entre os meses de abril a julho em Candeias, a Defesa Civil iniciou nesse mês a “Operação Chuva”. Segundo o órgão municipal, atualmente, a cidade tem cerca de 21 áreas de risco de desabamento ou deslizamento que podem ser provocados por chuvas constantes, devido à existência de encostas. Entre estas áreas, o Bairro da Santa Clara e Areia são as áreas que apresentam maior risco.

As ações já serão executados em toda a cidade, a exemplo das desobstruções e limpeza de canais, vistoria e poda ou erradicação de árvores, remoção de materiais de construção e resíduos e drenagem de canais nas encostas. De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Candeias, Everton Souza, as ações no decorrer do ano são essenciais para que, no período das chuvas mais intensas, os transtornos sejam menores. “São 21 áreas de risco que a Defesa Civil de Candeias vem monitorando. Estamos antecipando o início da Operação Chuva justamente com o propósito de prevenção, pois Candeias tem uma área muito acidentada. Quero aproveitar a oportunidade para dizer que já estão sendo feitas algumas obras de encostas, aonde irá melhora muito a vida da população que vive em áreas de risco”, explicou o coordenador, em entrevista ao programa Baiana Livre desta sexta-feira (31).

Para o analista técnico da Defesa Civil de Candeias, Ademar Cerqueira, os trabalhos de prevenção e conscientização a população já estão sendo executados em toda a cidade. “A Defesa Civil está sempre de plantão para qualquer ocorrência através do telefone 199. Hoje temos duas equipes para atender a qualquer sinistro. Já estamos fazendo a limpeza de canais, limpezas das bocas de lobo, entre outras ações, permitindo que Candeias se prepare para eventualidades em caso de fortes chuvas”, reiterou Cerqueira.

Em caso de emergência a população pode ligar para Defesa Civil através dos telefones: (71) 3605-2574, 3601-6535, 3601-4004 e 3601-1541 (chamada local) ou 199 (chamada gratuita).

Compartilhar