Oposição do comércio não foi suficiente para impedir andamento da matéria.

Uma das pautas mais polêmicas da política municipal em Candeias será votada na Câmara de Vereadores na manhã desta segunda-feira (02/10). A reforma do Código Tributário Municipal, idealizada pelo prefeito, Dr. Pitágoras, é recebida com extrema preocupação no comércio local, tendo em vista possíveis aumentos na carga tributária já vigente na cidade.

Diante da polêmica em torno da matéria, o assunto até poucos dias atrás estava bastante polarizado. No entanto, após negociações de bastidores, o prefeito parece ter conseguido formar a base mínima de 12 vereadores necessários para a votação do novo Código Tributário.

Segundo o vereador da oposição, Irmão Gerson (DEM), que tem acompanhado de perto os debates, As promessas vêm acompanhadas de desconfiança, e preocupam os vereadores que foram eleitos no palanque do atual prefeito, já que, como seu antecessor, Sargento Francisco, o médico e prefeito não tem demonstrado credibilidade em matéria de suporte a aliados de longo prazo.

A trajetória do governo ao longo dos últimos 9 meses tem demonstrado isso. Alguns dos desembarques do governo incluem sua própria vice, Márcia Gomes, uma das principais lideranças da oposição ao novo Código Tributário, junto com os principais nomes da oposição na Câmara hoje, os vereadores Irmão Gerson, Rita Loira e Fernando Calmon, este último, presidente da Casa.

 

 

 

 

Compartilhar